Nuno Miguel Henriques desiste da corrida à liderança do PSD

Nuno Miguel Henriques desiste da corrida à liderança do PSD

O ex-candidato justifica a decisão com o “pedido de reflexão” feito pelas duas outras candidaturas à liderança do PSD.

O vereador sem pelouro da Câmara Municipal de Alenquer, Nuno Miguel Henriques, anunciou esta segunda-feira, que ia desistir da corrida à liderança do Partido Social Democrata. 

Em conferência de imprensa, Nuno Miguel Henriques avançou que conseguiu reunir 1 518 assinaturas (18 assinaturas acima do necessário) e os restantes documentos necessários para avançar, mas decidiu abandonar a candidatura depois de reunir com Paulo Rangel e Rui Rio, que lhe fizeram um “pedido de reflexão” para evitar a realização de uma segunda volta. 

“Foi-nos feito um pedido de reflexão para que se resolvesse o mais rápido possível a liderança do PSD: ou seja, que o partido estivesse já pronto no dia 27, no próximo sábado, a ter um presidente eleito para trabalhar e governar a seguir Portugal, após as eleições legislativas”, informou Nuno Miguel Henriques.

O ex-candidato à Câmara Municipal de Alenquer não descartou para já a hipótese de integrar a lista de uma das duas candidaturas. “Não nego poder integrar obviamente as listas para a união de qualquer uma das candidaturas, porque somos todos do mesmo partido, não somos de partidos diferentes”, acrescenta. 

Nuno Miguel Henriques garante que se afasta “mantendo o pressuposto da necessidade urgente de uma revisão dos estatutos, programática e com inovadoras linguagens e mudanças construtivas e positivas de novos paradigmas no PSD”.

Em 2011, Nuno Miguel Henriques já se tinha candidatado a líder do PSD, mas acabou também por desistir da corrida antes das eleições. 

As eleições para a liderança do PSD estão marcadas para 27 de novembro. Em Alenquer também vão existir eleições para a constituição de uma concelhia, marcadas para o dia seguinte, 28 de novembro. 

Posts Carousel

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos