Manuel Zorreta sagra-se campeão nacional de judo em juvenis

Manuel Zorreta sagra-se campeão nacional de judo em juvenis

Judocas alenquerenses brilharam nos nacionais da modalidade

Realizaram-se em Cernache e Coimbra, os Campeonatos Nacionais de Juvenis e Cadetes, respetivamente, nos dias 6 e 7 de Dezembro, provas que contaram com a particvipação do Dojo de Alenquer do Judo Clube de Lisboa, com quatro Juvenis e um Cadete numa prova muito participada.

No sábado foi a vez dos juvenis entrarem em acção. Mário Pais foi precocemente eliminado, ficando a sensação que poderia ter feito mais. Santiago Tomás iniciou bem a prova mas ficou algo combalido numa imobilização do adversário que condicionou fortemente o resto da participação, tendo ainda assim alcançado um honroso quinto lugar. O irmão, Salvador Tomás, com um arranque fortíssimo da prova, chegou às meias finais, fase em que foi derrotado, conseguindo conquistar a medalha de bronze da prova.

Para o final estava guardada a prova do Manuel Zorreta, precisamente a mais participada, com 37 atletas de todo o país. Com um arranque de grande nível, foi vencendo os adversários até à grande final. Pelo caminho ficava um épico combate nos quartos finais, onde revelou toda a qualidade técnica e inteligência na forma de dominar o adversário algarvio. Os combates da meia final e final foram igualmente intensos, contra adversários bastante fortes, mas era o dia de Manuel Zorreta, um dia para o qual trabalhou duramente ao longo dos anos, inclusive em período de pandemia. A vitória numa final bem disputada teria o momento crucial a 20 segundos do fim, quando já se previa o desempate em golden score, no momento em que o jovem alenquerense atacou fortemente o adversário e projetou-o. Oito anos após a primeira vitória, alcançada em 2013 no primeiro combate que realizou, o judoca alenquerense sagrou-se Campeão Nacional de Juvenis precisamente com a mesma técnica.

No dia seguinte, foi a vez de Egor Gandzyuk fazer a sua estreia no Campeonato Nacional de Cadetes. A prova começou da melhor forma e o judoca chegou às meias finais, onde foi derrotado por um adversário mais experiente, num escalão com atletas dois anos mais velhos. No combate para a medalha de bronze viria a ser novamente derrotado. Ainda assim, registo para o quinto lugar final, que acabou por ser um bom resultado para o estreante.

O técnico Vítor Pimenta, visivelmente feliz com estes resultados, salienta “a entrega de todos os atletas e a importância das medalhas e título nacional conquistado, em duas vertentes: o resultado de um trabalho de anos a preparar a chegada aos primeiros campeonatos nacionais e a força motivadora para os mais novos judocas do clube, número que aliás tem crescido nos últimos meses. De cada vez que conseguimos estes feitos, aumenta a nossa responsabilidade para com o trabalho diariamente desenvolvido”, concluiu o técnico alenquerense.

Foto: Judo Clube de Lisboa

Posts Carousel

Latest Posts

Top Authors

Most Commented

Featured Videos